terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Reecontro com você mesma


Imagine a seguinte situação:

"Você é uma pessoa totalmente dependente, com muitos amigos e bem resolvida, um belo dia você acha o homem da sua vida (pelo menos você pensa que é) e acaba se perdendo , perde contato com os amigos, não sai mais, só tem vida quando esta ao lado dele e quando não esta... não isso não acontece, você sempre está. "


Quando você se perde e só se acha no parceiro.
Quem não conhece alguém assim? Ou que já passou por uma situação dessas que atire a primeira pedra.
Essa situação é muito confortável, para o parceiro, pois acabamos fazendo tudo o que ele quer e deixamos de fazer o que nós queremos e gostamos.
Essa atitude pode ser muitas vezes inocente, impensada, pois você se apega tanto a pessoa que acaba não vendo certas coisas e quando vê se cala por medo que a pessoa não goste e isso cause brigas.
Mal sabe ela que no decorrer do tempo irá se arrepender por essa atitude.


Todo relacionamento para ser saudável precisa de espaço, todos nós precisamos de um tempo só nosso e quando estamos num relacionamento isso não deve mudar.
No começo, você pode até achar que está tudo ótimo, aliás tem pessoas que até gostam de relacionamento assim, mas não é o ideal.
O ideal é você saber separar desde o começo, o tempo de cada um e o tempo de vocês dois.
Se você deixar claro isso desde o começo, não vai sofrer tanto para voltar a ser você mesma depois, pois quando o relacionamento é mais antigo, é bem mais difícil, pois a pessoa já esta acostumada com você, deixando de fazer as coisas por ela, ou fazendo só o que ela quer.


Portanto, Se estiver começando o namoro não deixe você para trás, continue sua vida, saia com suas amigas, faça o que você gosta.
Mas se você esta sentindo falta de você mesma, mas seu namoro já não é tão atual, a situação é mais complicada e cm certeza você ficará meio perdida em como se eu encontrar de novo.
Nessa hora, chegamos a nos perguntas: Onde fiquei pelo caminho? Quando foi que deixei de cuidar de mim?
Mas o que não adianta também é ficar choramingando parada no mesmo lugar e você infeliz.
Se isso tudo está te incomodando, mas a pessoa não entende, mande-o para um lugar bem longe.



Mas se você acabou de tomar uma decisão de que quer mudar essa situação, vamos lá, mas o caso exige manter a calma.


Conversa, conversa e conversa.
É SEMPRE a base de tudo, mas ambos têm que ter consciência de que se é para conversar, tem que ser sinceridade do começo ao fim, não adianta meias palavras, esconder sentimentos, na hora da conversa, essas pequenas palavras são as essenciais, para um entender mais o que o outro está pensando.
Pode ser que seu amado não entenda a sua situação e pense que você só está enrolando, mas você tem que ser firme na sua decisão, na verdade, você não tem que conversar para pedir qualquer certa permissão, você tem que conversar para ver o que vocês podem fazer um pelo outro, muitas vezes até ele sente falta de como você era antes, porque ele se apaixonou por você daquele jeito, então com certeza, ele pode te ajudar a te encontrar de novo.


Quando começamos a namorar, e deixamos de ser nós mesmas, nos apegamos a detalhes que não nos apegávamos antes e eles ficam sendo essenciais para nós, nos acostumamos a companhia, atenção diária e mesmo que você nunca foi “carente” assim, você acaba se acostumando.
Muitas vezes, isso faz que só pensamos no que a pessoa está fazendo, porquê ela não ligou ainda, e isso muitas vezes acaba sufocando e você pode acabar estragando uma coisa que poderia ser bonita.
Seja forte, consigo mesma, se você tomou a decisão de mudar o que está sendo agora , não deixe o costume tomar conta de você.
Se você deixar, você não vai conseguir, voltar a ser você, nunca.


Pense mais em você.
No seu amor.
No seu prazer.
Se conheça melhor.
Faça cursos.
Novas amizades.
Queira amar, mas se ame também.
Não deixe seu amor de lado, nem muito menos sua independência.


Nesse reencontro com você mesma, você vai aprender a se conhecer melhor e não vai mais deixar que isso aconteça.

Deixo para reflexão uma frase de um texto de William Shakespeare:

" Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sútil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança".

25 comentários:

  1. Show de bola, sem falar da frase de Willian.

    sim uma vez ouvi dizer que: o pior vicio do ser humano é o costume.
    por isso nunca se prenda a Rotinas.

    Mila como sempre Excepcional.
    sz

    ResponderExcluir
  2. Nem vo falar de novo o qto você me surpreende com palavras (ops falei kkkk)
    Vamo lá...quem ja teve um relacionamento longo ow curto, vai se indentificar com algo desse post,eu em especial que tive um relacionamento com a autora do topíco, acho que tem um pouco do ja passamos e hj levo como aprendizado e vejo coisas que antes não via e como me do bem com ela ainda e como somos transparentes nos limites de nossa amizade..e quero que ELA saiba o qto ela é especial pra mim e o qto eu aprendo com ela seja coisas,bobas ow lições de vida...

    CAMILA REGÍA NAPOLITANO você tah aki ohh ->>> sz


    minha escritora favorita ^^

    bjos

    Lê SaMpRaS sz

    ResponderExcluir
  3. Nossa rainha dos relacionamentos volta com tudo dando show de explicação, salvando milhares de namoros na blogosfera !!!!


    vc tem de conhecer minha namorada !!!!

    um beijo querida

    te vejo lá no Cronicas !


    http://universovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O mundo é cheio de idas e vindas, enocntros e desencontros, subidas e descidas. É natural q um dia coisas assim possam acontecer com tds nós!

    ResponderExcluir
  5. Abandonar os interesses anteriores e direcionar a minha só em prol da pessoa com quem me relaciono, não é uma atitude minha. Mas conheço pessoas que agem exatamente dessa forma: se anulam e esquecem completamente de amigos e, até mesmo, de parentes. E, se procuradas por esses, os desprezam. Uma amiga minha chegou a me pedir que não telefonasse pra casa dela nos horários em que o namorado estava lá, pois, ele exigia que a atenção fosse somente dele... Coisa de gente fraca, de mentes pequenas, pois, se levam um pé na bunda, é nós amigos que encontram amparo!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom esse texto, conheço várias pessoas que perde o lado bom da vida por está loucamente apaixonada e isso acaba virando rotina e uma vez que vira rotina já era.Tem que saber dividi as coisas e não confundi-lás.

    #Beijos e Sucesso
    http://www.semfreios.org/

    ResponderExcluir
  7. Show
    parabéns!!!
    Quem nunca viveu algo do tipo não sabe o que é se relacionar de vdd
    XD


    visita-me
    http://yullapankeka.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, mesmo. Apesar de eu nunca ter namorado ninguém, quando eu gostava de alguém, deixava aquilo tomar conta de mim, de forma que eu me esquecia de coisas mais essenciais, e olha que nem eram pessoas que valiam a pena... Na verdade, eu ainda sou um pouco assim, mas isso melhorou bastante...

    Ótimo post! Beijo ;*

    ResponderExcluir
  9. Muito bom! Caiu como uma luva para mim

    ResponderExcluir
  10. Arranjou o primeiro namorado e se fodeu, né?

    ResponderExcluir
  11. Felipe, jáaconteceu isso comigo sim, mas já aprendi, dessa vez me espelhei em outras pessoas

    ^^

    ResponderExcluir
  12. Olha, assim... Você pretendia fazer o que depois q terminasse o curso?... Porque eu seria trabalhar com o inglês mesmo, que eu adoro!

    Acho que você talvez até possa cursar algumas disciplinas isoladas, mas aí não recebe o diploma =/... Eu também não gosto de licenciatura, mas vale a pena fazer, se vc gosta disso mesmo, afinal, vc não é obrigada a trabalhar como professora (só como estagiária para concluir o curso, claro...).

    Beijo! ;*

    ResponderExcluir
  13. Ah, claro que todos nos ja passamos por isso, independente de ser homem ou mulher. Achei seu texto muito leve, muito facil de ler, facil de entender, adorei. Seu blog está show, voce é uma otima escritora, manda muito bem!!
    Parabens, sucesso

    ResponderExcluir
  14. Confesso que não li, mais parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  15. A gente só pode amar o proximo se a gente se amar primeiro, e o relacionamento nunca pode ser sufocante, senão ele vai fazer mal a medio ou longo prazo. Muito bom seu post!

    ResponderExcluir
  16. interessante o texto...temos que saber relacionar da melhor maneira possível,,,

    ResponderExcluir
  17. Muitos se identificam com esse texto, diga-se de passagem, muito bem escrito. Deixamos aos poucos os nossos amigos, nossos pequenos hábitos que outrora nos traziam prazer. Deixamos de caminhar com nossas próprias pernas. Isso nã é bom, não é mesmo!

    ResponderExcluir
  18. Olá amiga loirinha, obrigado pelo comentário q vc fez no blog do pena e em virtude disso lhe convido a fazer parte da minha nova comunidade no orkut para blogueiros de qualidade q nem nós, confira no link: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=110845971

    ResponderExcluir
  19. Eu acho uma boa opção você fazer Letras sim ^^... Pq assim, em primeiro lugar, vc disse que tbm gostaria de poder trabalhar com tradução... Em segundo, dizem que Jornalismo perdeu a credibilidade (no 2º semestre, veio pra minha sala um rapaz q estava em Jornalismo, mas disse q o curso não era o que ele pensava e que nem se recebe mais diploma, só uma espécie de certificado...). E tbm tem o custo né $$$$...

    Por isso, acho que Letras seria realmente uma ótima opção para vc... Se gostar de Literatura então, nem tem mais o que pensar :D

    Beijo ;*

    ResponderExcluir
  20. Adorei o texto, me identifiquei muito, serviu como lição pra mim :] to te seguindo, passa no meu blog e vê o que achas, qualquer coisa, segue tbm!

    ResponderExcluir
  21. Seus textos são maravilhosos, adorei o bblog. Tudo muito completo e legal :D
    Realmente merece muitos comentários ^^
    Adorei a frase final, super relacionada com o texto todinho. Realmente acho que precisamos de espaço, odeio gente grude, e odiaria me transformar em uma, então tento ao máximo não ser daquelas que ocupam espaço, e se bbobear, todo o oxigenio que a outra pessoa respira, HAHA. BLOG TÁ MUITO SHOW! PArabéns :D

    ResponderExcluir
  22. Oi, seu blog é muito bacana, por isso deixei um selo para vc no meu cantinho!
    beijoos
    http://moda-dia-a-dia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Só é preciso tomar cuidado para não lutar por uma coisa que não vale a pena. Criar um estresse na relação por amigos que talvez não dê o mesmo valor para você que você dá a eles.
    Muitas vezes seu melhor amigo é o seu companheiro e isso basta.

    ResponderExcluir

E você, o que acha?